Regulamento do Campeonato e Aniversário

1º A concentração inicial das provas será feita na sede do Clube.

2º Todas as provas serão realizadas no sistema de pesqueiros marcados.

3º A distância mínima de marcação de pesqueiros será de (dez) 10 metros, nas provas realizadas em areal será de (quinze) 15 metros.

4º As provas terão a duração de (quatro) 4 horas.

5º Durante a concentração inicial ou junto ao local onde a prova se realizará será efectuado pelos elementos da Organização o sorteio dos pesqueiros.

6º Após o sorteio será distribuído pelos concorrentes, um envelope com, Dorsal, Saco, Ficha de Controlo de Pescado e uma Serrilha para selagem do pescado.

7º Antes da saída dos concorrentes para a acção de pesca, ou durante a mesma poderá ser efectuado vistoria aos equipamentos e bolsas de transporte.

8º Antes da partida para a acção de pesca, será indicado aos concorrentes a hora de início e final de prova, sendo o tempo limite de (trinta) 30 minutos para chegada ao local da concentração para entrega da documentação e do pescado.

9º Para efeitos de controlo horário, considerar-se-ão as horas dos relógios dos membros da comissão de provas, devendo os concorrentes acertar os seus relógios pelos mesmos.

10º É obrigatório aos concorrentes o uso do Dorsal durante toda a prova, salvo com autorização da Organização da prova.

11º Não é permitido pescar fora da zona do pesqueiro marcado.

12º O início e final de prova será indicado com (um) 1 toque sonoro.

13º Só é permitido engodar nas provas de Sargo e Mista noturna, nas restantes provas não é permitido a utilização de engodos (o peso máximo de engodo permitido por concorrente é de (dez) 10Kg nas provas em que é permitido a sua utilização).

14º Só é permitido engodar após o toque sonoro de início da prova.

15º A ação de pesca é de processo livre (à exceção da cana direta).

16º Não é permitido aos concorrentes a utilização mais de (três) 3 anzóis.

17º-Não é permitido mais que (uma) 1 cana em ação de pesca em simultâneo, podendo no entanto ter mais que (uma) 1 cana montada e aparelhada.

18º Não é permitido aos concorrentes iniciar ou terminar a ação de pesca antes ou para além dos horários estabelecidos (toque sonoro) sendo no entanto possível finalizar a captura de um exemplar ferrado para além do sinal de final de prova, tendo o concorrente que fechar o “drag” e recuperar rapidamente.

19º Não é permitido aos concorrentes se ausentarem da zona de pesca, ou se deslocarem ás viaturas desde a partida para a acção de pesca até à entrega de documentação e pescado, ficando tal dependente de prévia apresentação de motivo a um membro da organização e sua expressa autorização.

20º Não é permitida por pessoas não participantes, a ajuda aos concorrentes para qualquer acção de pesca, inclui transportes de engodo e materiais.

21º É permitido a utilização de camaroeiro ou bicheiro para retirar o peixe da água, ou ajuda entre concorrentes quando haja dificuldades em retirar o peixe da água e imobilizá-lo ou em caso de acidente.

22º No final da prova e ainda no local da acção de pesca, o concorrente deve registar na ficha do pescado que lhe for entregue, os exemplares capturados ou Grade e dar a rubricar ao concorrente do pesqueiro ao lado, selar o saco do pescado sempre na comparência do outro concorrente, e entregar a ficha junto com o pescado à Organização.

23º Não é permitida a intromissão nos trabalhos da Organização de prova, sendo no entanto permitido assistir á pesagem do seu pescado.

24º No caso de um concorrente observar por parte de outro a falta de cumprimento ao disposto neste regulamento, ou prática de qualquer ato anti-desportivo tem a obrigação de adverti-lo lealmente da falta em que está a incorrer, se verificar reincidência ou mesmo comportamento intencional tem a obrigação de participar á Organização da prova com o testemunho de mais um concorrente (fiscal) logo após o final da prova ou no decorrer da mesma sendo motivo para desclassificação.

Classificação:

1º Por prova será atribuído ao concorrente primeiro classificado (um) 1 ponto, ao segundo classificado (dois) 2 pontos, ao terceiro classificado (três) 3 pontos e assim sucessivamente.

2º Por prova classificação ex-aequo.

3º Ao concorrente que não apresentar pescado na pesagem será atribuído a Grade, mais (um) 1 ponto que o número de concorrentes participantes na prova.

4º Ao concorrente que der Falta de Comparência serão atribuídos mais (dois) 2 pontos que o número de concorrentes inscritos no início do campeonato.

5º Ao concorrente Desclassificado serão atribuídos mais (cinco) 5 pontos que o número de concorrentes inscritos no início do campeonato.

6º No final do campeonato será retirada a pior prova (a desclassificação não poderá ser retirada como pior prova).

7º A classificação final do Campeonato será obtida pela soma das classificações dos concorrentes em cada prova, correspondendo às menores somas de pontuações as melhores classificações.

Critério de desempate

1- No final do campeonato em caso de empate o critério de desempate será feito da seguinte forma:

a) Pelos melhores lugares obtidos durante o Campeonato

b) Pelo somatório do peso do pescado durante o Campeonato

c) Pelo maior número de exemplares capturados no Campeonato

Provas e Espécies

  As provas a disputar e as espécies a capturar são as seguintes:

 Prova de Peixe Rei

(Rainha, Lambaz, Torcida, Castanheta, Bodião e Garoupa)

  Prova de Sargo

(Sargo, Patruça, Besugo, Salema e Pargo)

Prova de Veja

 (Veja, Bodião e Garoupa)

 Prova Mista

 (Todas as espécies excepto Moluscos, Moreia, Raia, Uja e Badejo)

Atenção: Todos os exemplares de Badejo (Mero) capturados devem ser devolvidos à água por esta espécie se encontrar sob protecção na Região Autónoma dos Açores

Medidas mínimas para captura das Espécies

 As espécies que vão à pesagem sem medida são:

Prombeta, Aranha, Sopapo e Coça.

 As espécies a capturar com o mínimo de (doze) 12cm são:

Chicharro, Carapau, Castanheta, Lambaz, Torcida e Rainha.

 As espécies a capturar com o mínimo de (quinze)15 cm são:

Peixe Porco, Salmonete, Boga, Patruça, Bodião e Sargo.

 As espécies a capturar com o mínimo de (dezassete) 17cm são:

Besugo, Solha e Salema.

 As espécies a capturar com o mínimo de (vinte) 20cm são:

Taínha, Cavala, Garoupa, Pargo e Veja.

 As espécies a capturar com o mínimo de (vinte cinco) 25cm são:

Peixe Agulha, Anchova, Enxaréu e Bicuda.

  Atenção:

 1º Os exemplares que não tiverem a medida mínima devem ser devolvidos á água.

 2º Só contam para a pesagem as espécies mencionadas nas diferentes provas.

 3º Todo o pescado capturado e que não seja devolvido á água, será pertença da organização para ser doado a instituições de caridade ou famílias carenciadas.

 Desclassificações

1º O concorrente que apresente na pesagem exemplares de outras espécies que não condigam com a prova realizada será automaticamente Desclassificado.

2º Se a Organização verificar no saco de um concorrente (um)1 exemplar sem medida, mas que não ultrapasse (um) 1cm de diferença este exemplar será Desclassificado, se tiver mais que (um) 1 exemplar sem medida todo o pescado será Desclassificado.

3º Se um concorrente apresentar no saco um (1) exemplar sem medida , que a diferença seja superior a um (1) cm será todo o pescado Desclassificado.

4º O concorrente que praticar conduta anti-desportiva ou regulamentar será Desclassificado.

5º Os concorrentes que antes do final de prova sem razão válida desmontem o equipamento e abandonem o pesqueiro serão Desclassificados.

6º Os concorrentes devem sob pena de Desclassificação, entregar o pescado em bom estado de conservação e isentos de quaisquer objectos (anzóis, iscas, areia etc.).

7º Os concorrentes devem sob pena de Desclassificação deixar a área de pesqueiro limpa e isenta de lixo, (sacos, panos, caixas minhoca etc.).

Todos os casos omissos serão decididos pela Comissão de Provas, dentro do espírito que presidiu a elaboração do presente Regulamento.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *